Urgente vs. importante

Olhando para trás, uma de minhas maiores frustrações, provavelmente, foi ter priorizado, mais do que eu gostaria, aquilo que era urgente em vez daquilo que era importante, e o resultado é que deixei de escrever alguns livros que poderia ter escrito. E escrevi livros que eram urgentes, ou ensinei coisas que eram necessárias naquele momento, em vez de coisas que seriam necessárias cinco anos depois. Aceitei cuidar do imediato, em vez do longo prazo. Mas é fácil olhar para trás.

Um ano com Peter Drucker (Maciariello, Joseph A.), página 57

Leave a Reply

Your email address will not be published.